• Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
Buscar
  • Mônica

Escolhas conscientes e menos geração de resíduos

DIGA NÃO ao plástico sempre que der!


Você sabia que o Brasil é o 4º maior produtor de lixo plástico do mundo, ficando atrás apenas dos EUA, China e Índia? Estima-se que cada brasileiro gere em média 1kg de lixo plástico por semana. E o pior, apenas 1,2 % desse lixo é reciclado!

Diante dessa informação, fica a pergunta: O que cada um de nós pode fazer para diminuir a quantidade de resíduos plásticos gerados no nosso dia-a-dia e como podemos potencializar a reciclagem desse lixo todo?

Primeiramente DIZER NÃO ao plástico sempre que der! Garanto que, na maioria das vezes, é possível!

Mais uma pergunta para fazer você pensar: já percebeu o quanto um canudinho é inútil na sua bebida? Você pode muito bem beber direto no copo!! Então a próxima vez que for pedir sua bebida, lembre-se de falar para o garçom que você não precisa de canudo! Eles demoram séculos para se decompor, porém alguns segundos para serem fabricados!

Uma dica interessante é optar por produtos que possuem menos embalagens plásticas ou escolher produtos com embalagens de papel, como por exemplo: sabonetes, sabão em pó, sacos de pão; existe uma infinidade de produtos que já apresentam embalagens alternativas. Opte por eles!

Outra dica muito importante é ter sempre em mãos uma garrafinha d´água e usar filtros para enchê-la sempre que necessário. Existe uma Lei (nº 8.408) que diz que estabelecimentos como lanchonetes e restaurantes devem disponibilizar água potável para seus clientes; então não tenha vergonha de pedir seu copo de vidro quando for jantar ou almoçar por aí. Seja consciente!

Para suas compras no supermercado, adote sempre uma ecobag, e se esquecer, solicite ao empacotador que utilize uma caixa de papelão para colocar suas compras. Simples não?!

Quando na sua lista incluir frutas e verduras, você pode colocar todos estes alimentos direto no carrinho e ao chegar no caixa, agrupe-as com suas próprias mãos. Assim você evitará várias sacolinhas plásticas que na maioria das vezes nem irá utilizar.

Algumas pessoas podem argumentar que usam as sacolinhas por questão de higiene, mas já se deu conta que quando você chegar em casa, de qualquer forma, terá que dar uma boa higienizada em todos esses alimentos?

Aí vai uma dica bônus: experimente usar shampoos e condicionadores sólidos (em barra), além de deixarem seus cabelos com muito mais brilho e serem orgânicos, eles não utilizam embalagens plásticas e rendem muito!


Precisamos incluir a palavra NÃO no nosso repertório quando se trata de adquirir plásticos de uso único! Esse assunto já está mais que discutido em diversas mídias! Gestos simples podem salvar a vida de muitos animais. Então porque fingir que este grave problema global não nos atinge? Repensamos e mudamos nossos hábitos de vez! Não é tão doloroso!

Uma enorme parte das embalagens de produtos plásticos podem ser reutilizados de alguma forma. SEJA CRIATIVO! E se é inevitável comprar “coisas sem plástico”, então opte por utilizá-los mais vezes antes de simplesmente descartar.

A dica aqui é você abusar da sua imaginação!


Você pode por exemplo, reutilizar embalagens de manteiga e margarina para guardar sobras de comidas em geral; transformar potes em brinquedos para a criançada se divertir (ex: tubo de rolo de papel higiênico pode ser transformado em bonecos; garrafas plásticas se transformam em pinos de boliche; tampinhas em peças para jogo de damas, etc.).

Quando você não consegue evitar e nem reutilizar algum tipo de material plástico, certamente você tem a obrigação de destiná-lo para a coleta seletiva. E para potencializar a reciclagem, procure separar seu lixo em 3: lixo orgânico (restos de comida), lixo reciclável (plástico, vidro, metal, papel, TetraPak) e lixo não reciclável (guardanapo, filtro de café, cigarro e outro resíduos misturados). O lixo orgânico pode ser destinado para uma composteira; o lixo reciclável vai para a coleta seletiva de sua cidade e o não reciclado será destinado para um aterro sanitário pela empresa de coleta responsável.

Para finalizar: atualmente muito se fala sobre a problemática do plástico que vai parar nos oceanos e é ingerido pelos animais marinhos, o que está acarretando a morte de milhares deles. Desta forma, este passo-a-passo que comentamos neste texto sobre a não geração (ou possível diminuição), reutilização e reciclagem do lixo do nosso dia-a-dia deve ser pensado para todos os tipos de resíduos. Todo o lixo gera impacto ao meio ambiente de alguma forma e levam muitos e muitos anos para se decompor.

A Terra não é um grande depósito de lixo. É um lugar lindo que deve ser preservado por todos nós. Então, chega de desculpas e comece JÁ a mudança! Não é difícil, não dói e você e todo mundo só tem a ganhar!



Aline dos Santos Klôh

Bióloga, Pós-graduada em QSMS na indústria do Petróleo e Msc. em Ecologia e Conservação pela UFPR.

(Imagens de diversas fontes da internet).

9 visualizações
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now