• Monica

Recifes de Corais coloridos são lindos, não é mesmo?

Quem imaginaria que os famosos “protetores solares” que tanto nos protegem contra o sol poderiam causar danos irreversíveis ao ambiente marinho?


Sabemos que os corais estão sofrendo nas mãos do Aquecimento Global devido ao aumento da temperatura da água. A Grande Barreira de Corais na Austrália, por exemplo, vem sofrendo eventos em massa de branqueamento desde 1998. Em 2016/17 registrou-se o evento mais impactante onde cerca de 30% dos corais enfraqueceram e morreram devido ao aumento da temperatura da água.


Estudos científicos atuais afirmam que os principais ingredientes que compõem os tradicionais protetores solares, como Oxybenzona e Octinoxato, podem causar os mesmos efeitos que o Aquecimento Global. Esses componentes químicos aumentam a suscetibilidade ao branqueamento, causando danos no DNA, crescimento anormal do esqueleto, deformidades que podem levar a morte completa dos corais.

Em 2018 o Havaí aprovou uma lei que proíbe a venda e entrada de protetores solares que contenham algumas destas substâncias tóxicas. O arquipélago de Palau, no Oceano Pacífico, se tornou o primeiro país a banir protetores solares prejudiciais aos corais e à vida marinha. O país baniu todos os produtos que contenham qualquer um ingrediente de uma lista de 10. Em alguns lugares da Austrália e do México, já é solicitado que os turistas só usem protetores solares biodegradáveis antes de mergulharem em Reservas Marinhas.

Estima-se que 14 mil toneladas de protetores solares são depositadas nos oceanos por ano. Já imaginou o impacto?


O que podemos fazer?

Quando você for comprar protetor solar opte por aqueles que têm a base de

mineral, como por exemplo o óxido de zinco e dióxido de titânio (não-nano). Procure também os protetores que indicam ser “reef-safe” (seguro para recifes), os biodegradáveis, sem-parabeno e que são em geral orgânicos. Leia rótulo e averigue que não contenham oxybenzona, avobenzona, octinoxato, octocrileno, octisato, homosalado, etilparabeno, butilparabeno, benzilparabeno, triclosano, metilparabeno, phenoxyethanol na lista de ingredientes.


Prontos para mudar mais um pequeno hábito na sua vida em prol da manutenção da saúde dos corais?



Escrito por:Ticiana Fettermann – Bióloga Marinha

Dica de documentário: https://www.chasingcoral.com

Imagens: Chasing Coral


0 visualização
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now